Archive for abril \14\UTC 2008

sabia?

Das poucas certezas que consigo ter, você é a melhor delas. Talvez a única que seja capaz de me acalentar nos momentos de profundo não saber. O que de bom e verdadeiro encontro quando recordo os dias que se foram. O que de melhor me parece quando sonho com os dias que ainda virão. E de tão ingênuo que você é, nem se dá conta da importância que tem na minha existência. Do quanto é responsável pelo meu caminhar mais leve, mais seguro, mais em paz.

 

imagebank

imagebank

Anúncios

raio-x

gettyimages

gettyimages

Eu tropeço nos meus sonhos porque aprendi a caminhar olhando para trás. Meus passos tortos vão marcando o chão… As frágeis pegadas como prova de que naquele ínfimo instante eu existi. Finjo não ter pressa. Mas sei que não me engano mais. Aqui dentro a vontade pulsa. Sair correndo para chegar antes. Espiar na ponta dos pés o dia seguinte. Como se assim eu pudesse ter a certeza de que o amanhã vai mesmo me encontrar.