Archive for julho \18\UTC 2006

cansaço

imagebank

imagebank

Às vezes me perco. Penso ser capaz de abrir mão de todos os sonhos, logo depois me arrependo. Penso conseguir me contentar com menos, mas vejo que a insatisfação acaba dando as caras. Penso estar começando a caminhar a passos lentos, quando me dou conta estou correndo. Penso ser possível não me empolgar, não fazer planos, não desenhar o futuro, até perceber que minha mente não se aquieta e lá estou eu visitando os dias que ainda não vieram. A limitação me ensinou a esperar, a me contentar com o possível e não mais com o desejado. Fez com que eu começasse a criar alternativas, planos B, saídas de emergência, para o caso de tudo sair diferente do que eu planejei. E até que venho me adaptando bem. O problema é que às vezes cansa ter que se conformar, ter que aceitar, ter que engolir a realidade não tão doce. Às vezes dá vontade de conseguir de um jeito mais fácil, de não demorar tanto, de acontecer como foi sonhado, só pra variar um pouco. Eu não quero desistir, nem desanimar, nem perder a fé, muito menos pensar que nunca vai ser diferente disso. Mas tem dias em que é impossível manter o otimismo diante da mesmice indigesta do que não é, de tudo que ‘ainda não’ ou ‘quase’.

Anúncios

FOREVER YOURS

Amor que cresce em meio às adversidades, aos percalços, às privações. Amor que não se contenta com promessas, que não se alimenta de ilusões, que não tem a expectativa de ser conto de fadas. Amor de pele, de toques, de presença sentida, de silêncio cúmplice, de olhares que se subentendem. Amor real que já experimentou o doce e o amargo, que já descobriu o poder da palavra ‘não’. Amor de alma, de valores irmãos, de sonhos, de planos breves, de conquistas lentas e deliciosas, de luta diária. Amor imperfeito, sem disfarces, sem truques, sem artimanhas. Amor que compreende e aprende. Amor que recebe, dá, empresta, ajuda, ampara, anima, engrandece. Amor que não nasce assim, do nada. E que não morre assim, por nada. Amor que já provou que existe. Amor que a vida oferece e a gente cuida para sempre merecer. Amor, este, lindo, sereno, inteiro. Amor de amar você.

imagebank